segunda-feira, 26 de agosto de 2013

DAS CORES DAS FLORES QUE NÃO VEMOS

SEGUE UMA DESCRIÇÃO DO QUE HÁ NO VÍDEO, JÁ QUE ELE ESTÁ EM ESPANHOL E NÃO É ACESSÍVEL

O vídeo conta a história de um garotinho cego que estuda em escola regular e que precisa fazer uma redação, proposta por sua professora vidente, sobre "as cores das 
flores". 

Durante o recreio ele sai para brincar com um de seus amigos que lhe pergunta como ele fará a redação e ele não sabe dizer. Chega em casa, pede ajuda para a mãe, que lhe coloca à frente do computador, utilizando um ledor de tela, para pesquisar sobre o tema numa espécie de wikipedia, onde só encontra descrições técnicas. 

No outro dia, na escola, recebe orientação de uma professora que lhe diz que ele mesmo deve fazer a redação, a partir do que sente. Na outra cena ele está com a mãe passeando num parque, ouvindo vários passarinhos e se sente inspirado para escrever a redação.

No dia da entrega da redação, a cena o mostra digitando em uma máquina de escrever em braille (não sei o nome técnico) sua redação. A professor pergunta quem quer ser o próximo a ler, ele se manifesta, vai para a frente da turma e lê o que escreveu em braille, contando que as flores tem cor de passarinho e que por isso há um passarinho para cada flor, para que cada uma tenha uma cor diferente. Além disso, há as flores que tem cor de abelhas... 

O filme acaba com a assinatura da ONCE (Organização Nacional de Cegos Espanhois) mostrando, neste sentido, o trabalho que realiza junto a diversas pessoas com deficiência visual.


Nenhum comentário:

Postar um comentário